O jardim no outono/inverno

A grande maioria das pessoas acha que o jardim, neste período, não precisa de cuidados. Ledo engano… O outono convida a maioria das espécies para uma temporada de hibernação, ou dormência, como chamamos, que acontece no inverno. Mas é nesta fase que as plantas assimilam e guardam os nutrientes que receberam no outono para o grande show na primavera.  Até 21 de junho, é época de adubar!!!

Sabes daquela velha teoria dos meses sem R? Pois é. São meses perfeitos para podas, tanto de limpeza quanto de podas radicais. Lembra? As plantinhas estão dormindo, sua seiva está bem devagar…
Claro que em algumas espécies…. Não vá podando tudo que vê pela frente não… imagina podar uma azaléia nesta época, ou então uma camélia, helicônia angusta…nem pensar, pois essas mostram sua  beleza no inverno.
Corte sempre em bisel (corte enviesado)
Ah, nem pensar também de esquecer o solo dos canteiros…assim como nossos pés precisam respirar, os pés, ops, as raízes de nossas plantas também. Então nada melhor que escarificar (fofar a terra) dos canteiros, mas com cuidado! Esse procedimento favorece a aeração, melhor dizendo: oxigenação das raízes. Uma correção  de solo é o ideal nessa etapa, mas este procedimento deve ser feito por um técnico competente.
Ferramentas apropriadas
Outro cuidado imprescindível no jardim são as regas: molhar ou não molhar?
Sabemos que neste período do ano a evaporação das águas é bem menor do que no verão e, se molharmos em demasia, colocamos nossas lindas plantinhas em perigo mas, (este será um novo post: pragas e doenças), em contra-partida, no período do inverno há escassez de chuvas, o que ocasiona o ressecamento do solo.
O que fazer? Bom, aí entra os elementos hidroretentores.
Meu Deus, o que é isso? Elementos hidroretentores são elementos que absorvem e mantém a umidade na quantidade certa. Exemplo disso é o húmus de minhoca que, além de cumprir essa função, ainda libera bons nutrientes para nossas amiguinhas.
Sobre a rega, é óbvio que precisamos molhar. Nós humanos, tomamos água no inverno, certo? Nossas plantinhas também!!! O método mais indicado ainda é a ponta do seu dedo… enterre na terra e sinta a umidade através desse princípio empírico e simples que continua a ser o mais eficiente.

Sempre é bom manter nossos canteiros cobertos. Isso ajuda a proteger o solo. Em partes com terra aparecendo, coloque casca de pinus ou pedrisco que, além de manter a umidade, dá um acabamento impecável a qualquer canteiro.
Ah…o gramado. Esse sofre com o inverno. O ideal é fazer uma boa limpeza: retirar ervas daninhas manualmente, retirando bem toda a raiz. Só depois deste trabalho podemos aparar. Fazer uma boa aeração (furos com ferramenta adequada), após o recolhimento das aparas. Isso fará com que seu gramado respire melhor, aumentando a luminosidade e diminuindo a umidade e temperatura, dificultando o aparecimento de pragas e doenças. Uma boa cobertura não só protege seu gramado do frio, como também nivela e agrega nutrientes perdidos no verão. Porém não soterre a grama: uma camada de no máximo 3cm já é suficiente. Agora é só molhar para incorporar a cobertura, com esses procedimentos sua grama ficará linda para a primavera.
Gramado de estádio sendo coberto
E agora? Ainda acha que não tem nada pra fazer no jardim nesta época??
Pratique essa terapia e aguarde o resultado: Um jardim lindo e saudável na primavera!!!
Abraços verdim, verdim pra “océis”!!!

Voce também vai gostar de ver:

Sobre Clarice Kroeff Bergesch

Técnica em Paisagismo e Gestão Ambiental, formada pela Escola de Paisagismo/SP e Escola Técnica Bom Pastor/RS, atuante na área há mais de 10 anos. Possui formação multidisciplinar que abrange profundo conhecimento na área de Agronomia, Arquitetura, Botânica, Legislação Ambiental, Desenho Técnico, Artes Plásticas entre outros. Seus conhecimentos são aprimorados e atualizados através de cursos especializados com renomados profissionais da área, feiras, eventos, fóruns e congressos, para levar aos seus clientes a melhor combinação custo/beneficio com projetos diferenciados. Supervisiona pessoalmente todos os projetos, grandes ou pequenos, trabalhando sempre com sua equipe especializada.
Esta entrada foi publicada em Dicas e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

6 respostas a O jardim no outono/inverno

  1. Gostei muito de conhecer seu ” jardim com arte”. Estou encantada com tantas boas dicas! Vou ver se consigo obter cópias , pois gosto de ter o ” papel” nas māos, para ir lendo e absorvendo devagar . Meu filho também é paisagista, e vou passar para ele tudo o que vi aqui! Será uma boa oportunidade para um novo conhecimento. Abrs. Rachel.

  2. Ricardo Gonçalves disse:

    Olá! Gostaria de dividir com vocês a minha experiência em afastar gatos das plantas: estou plantando pimentas “nucleares”(BhutJolokia e Trinidad Scorpion) no quintal de casa e passando dos vasos menores para vasos de 40 litros. Temos um casal de gatos que mora conosco e mais uns 4 que vêm comer e saem. Quando fui passar as mudas para os vasos definitivos, estava em pânico só de pensar na “festa” que seriam vinte e tantos vasos de 40 litros para os “miaus”, heheh! Então me veio a ideia de, ao redor de cada pé de pimenta, fincar vários espetos de bambu, daqueles de churrasquinho (com a ponta para fora, claro). E não é que deu super certo? Só temos que ter cuidado ao regar e manusearas as plantas, para não nos espetarmos. Fica a dica… é barato e funciona 100%! Abraços :)

  3. sonia salzmann de matos disse:

    Boa noite, solicito por gentileza a informação se a tela bidim bloqueia o crescimento das tiriricas, ou se há outro tipo de tela.ok. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>